Política

Adversários admitem derrota para Adib Elias em 2020, avalia jornal

O Jornal Opção considera que é praticamente impossível vencer Adib Elias em 2020. Por isso Elder, Tampa e Sebba pensam em 2020 como escada para o futuro, visando 2022 e 2024

Redação

O Jornal Opção decidiu examinar pesquisas qualitativas e quantitativas em Catalão e, em seguida, conversou com líderes da cidade para que contribuíssem para traçar um quadro político-eleitoral da disputa municipal.

A maioria advertiu para o fato que, fora Adib Elias, não há outros candidatos 100% definidos. O prefeito, por enquanto, corre sozinho. As pesquisas sugerem que o líder do Podemos é realmente o favorito, no momento, o que não é questionado pelos demais postulantes.

Há um dado que, segundo os analistas locais, é preocupante para os adversários: o podemista não tem caído de uma pesquisa para outra — mantém-se estável. As pesquisas mostram também que não há uma figura de gestor que possa suplantar o prefeito em Catalão — que, como administrador, é uma espécie de mito local.

Se os adversários sabem que Adib Elias é praticamente invencível, qual é o jogo de Elder Galdino (MDB), Luciano Tampa (PL) e Gustavo Sebba (PSDB)?

Primeiro, mesmo se perderem, terão colocado seus nomes para exame dos eleitores e, portanto, poderão disputar mandato de deputado estadual em 2022. Segundo, e talvez mais importante, os postulantes de 2020 talvez estejam criando musculatura para, em 2024, disputarem com mais chances de se eleger prefeito de Catalão. Segundo o jornal é provável que estejam de olho no pós-Adib Elias.

Informações: Jornal Opção

Deixe uma resposta